PUBLICIDADE
Operação Lex

Juiz Vaz das Neves nega ter beneficiado com distribuição de processos

22 | 09 | 2020   15.26H

O juiz Vaz das Neves, antigo presidente do Tribunal da Relação de Lisboa e arguido no processo Operação Lex, negou hoje ter beneficiado com a distribuição manual de processos, e disse que não é acusado desse facto.

Numa declaração escrita enviada à agência Lusa, o magistrado refere que o crime de corrupção de que é acusado resulta de, alegadamente, ter intencionalmente proporcionado que outros beneficiassem", reafirmando que esse facto é mentira.

"Tal como sempre afirmei, não tive qualquer benefício com qualquer distribuição de processos e não sou disso sequer acusado. A suposta corrupção que a acusação me atribui resulta de, alegadamente, ter intencionalmente proporcionado que outros beneficiassem. Não é verdade. Irei provar isso no local próprio, o Tribunal. E não na praça pública", escreveu.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE