PUBLICIDADE
Actualidade

Independentistas de Cabinda denunciam ataque com seis mortos, incluindo um civil

22 | 09 | 2020   18.43H

Cinco militares e um civil morreram na segunda-feira à noite na sequência de uma operação lançada pelas Forças Armadas Angolanas (FAA), anunciou hoje a Frente de Libertação do Enclave de Cabinda - Forças Armadas de Cabinda (FLEC-FAC).

Segundo um comunicado assinado pelo porta-voz do Estado Maior das FAC, António do Rosário Luciano o ataque contra o campo do movimento independentista na aldeia de Tando-Bocoto aconteceu cerca das 21:30 e foi "vigorosamente reprimido" pelos cabindenses tendo resultado em seis mortes, dois soldados das FAC, três das Forças Armadas Angolanas e um civil.

O comunicado refere que os soldados angolanos deixaram para trás três armas do tipo Ak-47.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE