PUBLICIDADE
Venezuela

Partido do regime apela à denúncia de pessoas com sotaque estrangeiro no país

23 | 09 | 2020   02.45H

O Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), o partido do Governo do Presidente, Nicolás Maduro, apelou esta terça-feira aos venezuelanos que informem sobre a presença no país de pessoas com sotaque estrangeiro.

O pedido foi feito pelo vice-presidente do PSUV e presidente da Assembleia Constituinte (composta unicamente por simpatizante do regime), Diosdado Cabello, durante uma conferência de imprensa em Caracas, na qual esteve acompanhado pelo ex-ministro de Comunicação e Informação, Jorge Rodríguez.

"Alerta máxima, redobrar os esforços nos próximos 75 dias até 06 de dezembro, [para quando estão marcadas as eleições legislativas], em cada rua e comunidade, e informar de maneira imediata sobre a chegada de pessoas que não sejam dessas ruas, que não sejam dessas comunidades, sobre pessoas que tenham sotaque estrangeiro", disse.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE