PUBLICIDADE
Actualidade

Jornais franceses publicam carta aberta em defesa da revista Charlie Hebdo

23 | 09 | 2020   07.57H

Cerca de 100 órgãos de comunicação social em França publicaram hoje uma carta aberta apelando à defesa da liberdade de expressão, em apoio à revista Charlie Hebdo, quando decorre o julgamento dos atentados de 2015.

A carta surge na sequência de novas ameaças, nomeadamente da organização extremista islâmica Al-Qaeda, contra a Charlie Hebdo, três semanas após o início do julgamento do atentado contra o jornal que fez 12 mortos, em 2015, e da republicação das caricaturas de Maomé, em 02 de setembro, condenada por vários países muçulmanos.

Em declarações à agência de notícias France-Presse (AFP), o responsável do semanário, Riss, disse que a revista satírica francesa tinha sido "mais uma vez ameaçada por organizações terroristas", em pleno julgamento dos atentados de janeiro de 2015", com as ameaças a visar também "todos os meios de comunicação e mesmo o Presidente".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE