PUBLICIDADE
Covid-19

Consórcio propõe terapia inovadora para eliminar o vírus em segundos

23 | 09 | 2020   10.47H

Um consórcio formado pela Universidade de Coimbra, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e duas empresas, uma portuguesa e outra canadiana, quer desenvolver uma terapia inovadora para eliminar "em poucos segundos" o vírus que provoca a covid-19, foi hoje anunciado.

Denominado FOTOVID, o projeto pretende eliminar o vírus SARS-CoV-2, responsável pela doença de covid-19, "logo na principal 'porta de entrada' no organismo, isto é, nas fossas nasais, usando a terapia fotodinâmica", afirma a Universidade de Coimbra (UC), numa nota enviada hoje à agência Lusa.

A investigação, que "acaba de obter 450 mil euros de financiamento" do Programa Operacional Centro 2020, reúne em consórcio a UC, através de equipas multidisciplinares das faculdades de Ciências e Tecnologia (FCTUC) e de Medicina (FMUC), o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) e as empresas LaserLeap, de Coimbra, que coordena o projeto, e Ondine Biomedical (Canadá), líder mundial na fotodesinfeção antibacteriana.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE