PUBLICIDADE
Actualidade

Portugal cria teleatendimento consular para seis países da África Ocidental

23 | 09 | 2020   12.29H

Cerca de 400 portugueses residentes em seis países da África Ocidental vão passar a ter atendimento consular por videochamada numa iniciativa da embaixada de Portugal no Senegal, inspirada pela pandemia de covid-19.

Sem representação diplomática ou consular nestes países, os cidadãos portugueses residentes na Costa do Marfim, Libéria, Gâmbia, Serra Leoa, Burquina Faso e Guiné-Conacri dependem dos serviços da Embaixada de Portugal em Dacar, no Senegal.

"A disponibilização do teleatendimento consular foi uma medida que, inspirada na digitalização que tem marcado a situação pandémica, permitiu uma adaptação e a utilização de novas tecnologias para o esclarecimento de dúvidas consulares", disse, em declarações à agência Lusa, o embaixador de Portugal em Dacar, Vítor Sereno.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE