PUBLICIDADE
Migrações

Grécia quer negociar repartição equitativa com todos os países da UE

23 | 09 | 2020   18.01H

A Grécia considerou hoje que o plano de migração apresentado pela Comissão Europeia deve ainda passar por "intensas negociações", nas quais Atenas defenderá a "solidariedade obrigatória" e a "distribuição equitativa" dos migrantes entre todos os Estados-membros da UE.

"No que diz respeito à Grécia, os textos apresentados hoje serão sujeitos a intensas negociações. No seu decurso apoiaremos de forma ativa e com determinação as nossas posições fundamentais", indicou o vice-ministro da Migração e Asilo grego, Yorgos Kumutsakos.

Segundo o vice-ministro, entre estas posições básicas para a Grécia inclui-se "a solidariedade obrigatória e a distribuição equitativa dos migrantes entre todos os Estados-membros, que equilibrará a responsabilidade suportada pelos países recetores, incluindo obviamente a recolocação".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE