PUBLICIDADE
Actualidade

Alemanha, Japão, Brasil e Índia exigem lugar permanente no Conselho de Segurança

23 | 09 | 2020   19.12H

A Alemanha, a Índia, o Japão e o Brasil exigiram hoje, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, um lugar permanente no Conselho de Segurança, um pedido que já é antigo, mas que dificilmente surtirá o efeito pretendido.

"Estamos empenhados em relançar as discussões sobre a reforma do Conselho de Segurança" da Organização das Nações Unidas (ONU), explicitaram, em comunicado conjunto citado pela France-Presse (AFP), os ministros nos Negócios Estrangeiros do Brasil, Ernesto Araújo, do Japão, Motegi Toshimitsu, da índia, Subrahmanyam Jaishankar, e o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros da Alemanha, Niels Annen.

Estes quatro países consideraram que "o mundo hoje é muito diferente daquele que viu a criação das Nações Unidas há 75 anos".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Então vamos a uma nova guerra para decidirmos sobre o assunto. Só a tropa fandanga em Portugal, é que tendo o Poder na mão, o entregou a uma seita de bandidos que tinham fugido ao serviço militar, só em Portugal, agora vemos no que deu. Também querem o direito de veto? Já gora uma gaja boa, um carro à empresário e dinheiro na conta sem trabalhar, também não?
    Dono dos Burros | 23.09.2020 | 21.53Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE