PUBLICIDADE
Actualidade

Seul diz que Coreia do Norte matou um dos seus oficiais e descreve ato como "brutal"

24 | 09 | 2020   04.20H

A Coreia do Sul informou hoje que a Coreia do Norte matou um dos seus oficiais, que tinha desaparecido na fronteira entre os dois países, e que incinerou o seu corpo, um ato descrito como "brutal".

A revelação foi feita pelo Ministério da Defesa sul-coreano em comunicado, no qual se adianta que foram exigidas explicações a Pyongyang.

O oficial de 47 anos tinha desaparecido na segunda-feira quando estava a bordo de um barco do Ministério das Pescas que se encontrava na altura perto da ilha de Yeonpyeong, a cerca de dez quilómetros da fronteira marítima ocidental, a tensa e disputada Linha Limite do Norte.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE