PUBLICIDADE
Actualidade

Salário mínimo europeu vai criar concorrência mais justa na UE -- Comissário

24 | 09 | 2020   12.56H

O comissário europeu do Emprego, Nicolas Schmit, defendeu hoje que a ideia de um salário mínimo europeu é decisiva para uma concorrência justa na Europa, que "não pode" basear-se no 'dumping' salarial e nos salários baixos.

"É bom para as pessoas, porque os salários mínimos devem permitir ter uma vida decente, mas também é algo que temos de fazer por uma concorrência justa na Europa. Não podemos basear a concorrência no 'dumping' salarial e em baixos salários. Não é o caminho certo", disse Nicolas Schmit à Lusa.

"Vivemos um período de modernização das nossas economias em que a produtividade é decisiva e não são os salários baixos que devem estar no centro da concorrência, são as competências, o investimento em tecnologia, em conhecimento e em produtividade", afirmou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Mais outra ideia nado-morta, como a do 'exército' europeu. Mas desde quando uma pequena empresa em Portugal, pode pagar o que paga uma sueca ou alemã? Desde quando o poder de compra de um português se aproxima do alemão?
    Dono dos Burros | 24.09.2020 | 14.40Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE