PUBLICIDADE
RCA

Presidente pede levantamento total do embargo de armas

25 | 09 | 2020   02.04H

O Presidente da República Centro-Africana (RCA), Faustin Archange Touadéra, pediu à Organização das Nações Unidas, na quinta-feira, o levantamento total do embargo de armas ao país, por prejudicar o Exército e a defesa da autoridade do estado.

"Reitero o apelo do povo centro-africano ao Conselho de Segurança para o levantamento total do embargo sobre as armas, que limita o nosso exército nacional no papel de força de defesa nacional, de reforço da autoridade do Estado e de garantia da integridade nacional", disse Touadéra num vídeo transmitido pela Assembleia Geral da ONU, no quadro do debate geral que se realiza com intervenções virtuais.

O embargo de armas foi estabelecido pela ONU em 2013 por um ano, depois de a capital, Bangui, ter sido tomada pelos combatentes rebeldes. O pacote de sanções tem sido renovado desde então.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE