PUBLICIDADE
Covid-19

Testes rápidos podem ter fiabilidade de 95% se forem moleculares - Especialista

25 | 09 | 2020   08.10H

Os testes rápidos podem ter uma eficácia de 95% no rastreio da covid-19, mas têm de ser moleculares e operados por técnicos especializados, advertiu hoje o médico e professor de microbiologia da Universidade de Lisboa (UL) Thomas Hanscheid.

"Há empresas que conseguiram miniaturizar os testes moleculares realizados em laboratório, com capacidade para os colocar no mercado, mas os testes com qualidade são caros e não é só mandá-los para as escolas e para os lares. Não é qualquer pessoa que o pode realizar, como um teste de gravidez", disse em entrevista à agência Lusa o especialista de origem alemã, docente na Faculdade de Medicina da UL.

"Os novos testes moleculares rápidos vão custar muito dinheiro", afirmou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE