PUBLICIDADE
Covid-19

Rússia diz que também foi alvo de ataques informáticos por causa da vacina

26 | 09 | 2020   15.47H

O diretor do Centro de Investigação Gamaleya, Alexander Ginzburg, informou hoje que os computadores da instituição que trabalha na primeira vacina russa contra a covid-19, a Sputnik V, foram alvo de ataques informáticos.

Numa entrevista a um canal de televisão russo, citada pela agência EFE, Ginzburg afirma que "houve ataques informáticos" e esclarece que aconteceram há uns meses, quando a vacina estava a ser desenvolvida.

"Não sou um especialista em tecnologias de informação e não posso dizer se estavam relacionados com a vacina ou não (...), mas houve tentativas de entrar nos computadores dos nossos programadores", afirmou o dirigente.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE