PUBLICIDADE
Actualidade

Rússia ameaça cortar relações com UE por causa do caso Navalny

13 | 10 | 2020   22.03H

O ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE) da Rússia advertiu hoje que poderá interromper as relações com a União Europeia (UE) em resposta às sanções impostas por Bruxelas por causa do envenenamento do líder da oposição russa Alexei Navalny.

A posição de Moscovo surgiu um dia depois de os ministros dos Negócios Estrangeiros da UE acordarem sobre a imposição de sanções a oficiais e organismos da Rússia, considerados responsáveis pelo envenenamento de Navalny com um agente nervoso do grupo Novichok.

"Provavelmente teremos de simplesmente deixar de falar com as pessoas no Oeste que são responsáveis pela política externa e que não entender a necessidade de um diálogo respeitoso mútuo", explicitou o MNE russo, durante uma conferência em Moscovo, citado pela Associated Press (AP).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE