PUBLICIDADE
Covid-19

Marcelo não descarta subida do défice para reforçar pessoal no setor da saúde

17 | 10 | 2020   20.02H

O Presidente da República disse hoje, no Algarve, não descartar uma subida do défice, em caso de necessidade de reforço de pessoal na área da saúde para combater a pandemia.

"Se se chegar à conclusão de que é preciso reforçar o orçamento da saúde, não estou a ver nenhum partido a dizer que não, por muito que isso custe sacrificar uma ou outra área ou, neste ano que é muito especial, em termos de subida do défice", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

No final de uma visita ao município de Vila do Bispo, Marcelo recorreu-se das palavras do ex-Presidente Jorge Sampaio para reafirmar "que a vida nem começa nem acaba no défice".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE