PUBLICIDADE
Actualidade

Sociólogo guineense diz que só novo poder em Conacri poderá reatar relação com Bissau

17 | 10 | 2020   22.51H

O sociólogo e analista guineense Diamantino Domingos Lopes disse hoje que só um novo poder na Guiné-Conacri, que vai a eleições no domingo, poderá "abrir espaço para reatar" as relações políticas e diplomáticas com a Guiné-Bissau.

Cerca de 5.500 eleitores da Guiné-Conacri escolhem no domingo o próximo Presidente do país, numa eleição marcada pela contestação à candidatura a um terceiro mandato do chefe de Estado cessante, Alpha Condé, e pela morte de pelo menos 90 manifestantes e opositores.

Os eleitores poderão escolher entre 12 candidatos, incluindo duas mulheres, mas a chefia do Estado deverá ser disputada entre Alpha Condé e o líder da oposição, Cellou Dalein Diallo. (NOVA VERSÃO PARA CORRIGIR NO TEXTO O NOME DO SOCIÓLOGO E ANALISTA GUINEENSE, QUE É DIAMANTINO DOMINGOS LOPES E NÃO DIONÍSIO DOMINGOS LOPES)

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE