PUBLICIDADE
Covid-19

Ordem dos Médicos contra obrigatoriedade da 'app' StayAway Covid

18 | 10 | 2020   10.08H

A Ordem dos Médicos está contra a obrigatoriedade da instalação da aplicação StayAway Covid por não existir evidência científica de que a sua utilização contribua para a diminuição da incidência de covid-19.

"A aplicação StayAway Covid só tem utilidade em complementaridade com outras medidas de controlo da pandemia e o seu interesse é escasso isoladamente. Não existe evidência científica robusta de que a sua utilização possa contribuir de forma significativa para diminuir a incidência da covid-19", justifica em comunicado a Ordem dos Médicos.

E acrescenta que "a obrigatoriedade da sua instalação, utilização e respetiva fiscalização, coloca em causa questões éticas fundamentais subjacentes à vivência de um estado democrático, ao não preservar a confidencialidade e proteção de dados pessoais, e ao interferir com liberdades fundamentais e direitos individuais, que todos queremos proteger".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE