PUBLICIDADE
Actualidade

Grupo de trabalhadores migrantes que inclui timorense denuncia 'escravatura' na Coreia do Sul

22 | 10 | 2020   07.14H

Um grupo de trabalhadores migrantes, que inclui pelo menos timorense, denunciou casos de exploração laboral e de 'escravatura moderna' na Coreia do Sul, onde empregadores beneficiam de um programa de importação de mão de obra.

As denúncias feitas numa conferência de imprensa em Seul por vários migrantes são publicadas na edição de hoje do jornal Korea Herald.

Um dos migrantes que denunciou o abuso foi o pescador timorense Lopes M., que explicou aos jornalistas ter suportado condições de trabalho terríveis e violações dos direitos humanos numa pequena ilha coreana onde esteve vários anos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE