PUBLICIDADE
Actualidade

EUA condenam "uso excessivo de força" por militares na Nigéria

22 | 10 | 2020   15.04H

O Secretário de Estado dos Estados Unidos da América, Mike Pompeo, condenou hoje o "uso excessivo de força" pelos militares na Nigéria em repressões sangrentas de manifestações e em que morreram dezenas de pessoas.

"Os Estados Unidos condenam veementemente o uso excessivo de força pelos militares que dispararam contra manifestantes pacíficos em Lagos, causando mortos e feridos", afirmou Pompeo, citado pela agência France-Presse (AFP), apelando para a realização de uma investigação imediata.

O chefe da diplomacia norte-americana pediu que os envolvidos sejam "responsabilizados nos termos da lei nigeriana".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE