PUBLICIDADE
Covid-19

Liga Contra a SIDA pede "soluções" para doentes com outras patologias

24 | 10 | 2020   07.00H

A presidente da Liga Portuguesa Contra a SIDA (LPCS), Maria Eugénia Saraiva, alerta o Ministério da Saúde para não deixar que a pandemia de covid-19 leve a uma nova supressão da assistência aos doentes com outras patologias.

"Portugal não pode fechar. Não podemos neste momento não ter respostas para as outras doenças e, neste caso, para as pessoas que vivem com o VIH [vírus da imunodeficiência humana]. Temos de ter soluções para as pessoas que vivem com outras infeções e temos de nos organizar com as pessoas que estão no terreno, a sociedade civil e os 'pensadores'. Mais do que os custos, são os ganhos de saúde que importam", afirma, em entrevista à Lusa, no dia em que a instituição cumpre 30 anos.

Para Maria Eugénia Saraiva, a imposição de medidas de cariz mais autoritário ou repressivo pelo Governo para o controlo da pandemia pode mesmo acabar por ter um efeito inverso àquilo que é pretendido, apelando à defesa de uma 'vacina da tolerância' e a um "diálogo efetivo" e com "objetivos mensuráveis" entre os diferentes intervenientes.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE