PUBLICIDADE
Actualidade

Ministro da Defesa guineense nega qualquer envio de armas para a Guiné-Conacri

26 | 10 | 2020   14.46H

O ministro da Defesa da Guiné-Bissau, Sandji Faty, negou hoje que tenha sido enviada qualquer arma militar do país para a Guiné-Conacri, como foi referido pelo Governo daquele país vizinho.

O ministro da Segurança e Proteção Civil da Guiné-Conacri, Damantang Albert Camará, disse, na semana passada, ter informações "seguras e fidedignas" sobre uma suposta entrada no seu país de armas de uso militar, vindas da Guiné-Bissau.

"Não tenho essa informação, mas cabe à pessoa que fez essa declaração responsabilizar-se pelo que disse", afirmou hoje Sandji Faty, quando respondia aos jornalistas numa visita efetuada ao quartel da Marinha de Guerra guineense.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE