PUBLICIDADE
Actualidade

Governo cria estratégia nacional para o património cultural imaterial

26 | 10 | 2020   15.00H

O Governo vai apresentar, na terça-feira, um primeiro esboço da estratégia nacional para o património cultural imaterial, visando a dinamização e valorização dos oito bens portugueses inscritos na UNESCO, anunciou hoje a secretária de Estado do Património Cultural.

"Temos uma diversidade cultural muito grande. É importante que não deixemos esquecidas estas tradições e que, acima de tudo, as dinamizemos e valorizemos como potencial de emprego e como potencial de diversidade cultural destes territórios", salientou a secretária de Estado Ângela Ferreira em Faro, à margem da cerimónia que assinalou o 15.º aniversário da assinatura da Convenção de Faro, a Convenção-Quadro do Conselho da Europa Relativa ao Valor do Património Cultural para a Sociedade.

A criação da estratégia, cujo primeiro esboço será apresentado na terça-feira durante a segunda reunião das entidades envolvidas na futura Rede Nacional para o Património Cultural Imaterial, está a ser partilhada entre Direção-Geral do Património Cultural, direções regionais de Cultura, Comissão Nacional da UNESCO, entidades promotoras dos oito patrimónios culturais imateriais portugueses registados na UNESCO, entidades acreditadas pela UNESCO e profissionais especialistas na área do património cultural imaterial.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE