PUBLICIDADE
Actualidade

Reformas continuam em Angola mas instabilidade social pode aumentar - Fitch Solutions

26 | 10 | 2020   16.20H

A consultora Fitch Solutions considerou hoje que o Governo de Angola vai continuar a agenda reformista nos próximos trimestres, mas alerta que as acusações de corrupção colocam riscos elevados para a estabilidade social.

"Antevemos que o Presidente João Lourenço vá continuar com a sua agenda de reformas nos próximos trimestres, garantindo a continuidade política, mas acreditamos que as recentes alegações de corrupção contra o seu Governo, juntamente com a degradação das condições económicas, vão colocar riscos elevados para a estabilidade social", lê-se numa análise sobre a economia de Angola.

No relatório, enviado aos clientes e a que a Lusa teve acesso, os analistas desta consultora detida pelos mesmos donos da agência de notação financeira Fitch Ratings assinalam que "já se assistiu a um aumento dos protestos na capital, Luanda, em setembro e outubro, em resposta quer a notícias sobre corrupção, quer à implementação violenta das medidas de distanciamento social por parte das forças policiais".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE