PUBLICIDADE
Actualidade

China exige retificação aos operadores de redes móveis para acabar com "caos" na Internet

27 | 10 | 2020   06.22H

A Administração do Ciberespaço da China exigiu hoje aos fornecedores de serviços móveis do país que executem uma série de "retificações especiais e centralizadas", face a "preocupações sociais" perante o "caos" na Internet.

As oito empresas afetadas são a Huawei, Oppo, Vivo, Xiaomi, Sogou, 360, QQ e UC. Estas terão até ao próximo dia 9 de novembro para "fazer uma revisão e retificação" dos seus serviços, visando controlar a disseminação de "rumores, sensacionalismo ou publicação de informações negativas que violem os valores fundamentais do socialismo".

Os requisitos incluem a "proibição de informações em contas pessoais de redes sociais que violem as normas, além de exageros, insultos ou referências a temas delicados", a fim de "evitar problemas que alterem a ordem da comunicação na Internet".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE