PUBLICIDADE
peniche

Comerciantes preocupados com aumento de assaltos

13 | 11 | 2009   10.08H

“Nota-se desde meados de Setembro alguma insegurança na cidade. Há assaltos durante o dia e à noite, o que nos deixa muito preocupados”, afirmou à Agência Lusa António Monteiro, presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Peniche.

Segundo o presidente da associação comercial, “as forças de segurança não se vêem na zona histórica da cidade”, pelo que a associação já pediu o reforço do policiamento.

O responsável adiantou que vários estabelecimentos comerciais já foram assaltados, assim como residências particulares e automóveis.

“Todas as semanas ouve-se falar de um a dois assaltos”, disse, acrescentando que “muitos comerciantes temem pela sua segurança e procuram fechar mais cedo”.

Só uma loja de artigos electrónicos e de som foi assaltada três vezes este ano.

No último assalto ocorrido em Outubro, os suspeitos levaram do armazém do estabelecimento material no valor de cerca de quinze mil euros, segundo relatou o proprietário, José Bello.

“Vivo numa angústia terrível quando começa a cair a noite e já nem durmo”, confessou.

O sub-comissário da PSP de Peniche, Jorge Martins, admitiu que “tem registado um aumento de assaltos em estabelecimentos comerciais por arrombamento e escalonamento e em viaturas estacionadas na via pública”, mas disse que “todos os anos” se regista neste período do ano um maior aumento deste tipo de crimes.

As queixas que têm sido apresentadas na PSP reportam-se, contudo, a assaltos ocorridos “durante a noite”.

Segundo o responsável da PSP de Peniche estão a ser tomadas medidas de prevenção, entre as quais o reforço da vigilância.

O sub-comissário Jorge Martins acrescentou ainda que a polícia está disponível para colaborar com os comerciantes, no sentido de serem realizadas sessões de esclarecimento sobre medidas de segurança e auto-protecção a tomar.

A PSP está a investigar os diversos assaltos já ocorridos, tendo já identificado vários suspeitos e recolhido diverso material roubado.

Há dois dias, um jovem foi identificado e outros dois jovens entre os 18 e os 22 anos foram em flagrante delito, quando tentavam assaltar uma papelaria durante a noite.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

3 comentários

  • ATENÇÃO, E A QUANTIDADE DE 3º IDADE ASSALTADA, AS MALAS ROUBADAS, E O JORNAL A VOZ DO MAR, E O VELHOTE QUE ESPANCARAM E DEITARAM FOGO NO QUINTAL, E A PASTELARIA NA RUA DE SÃO MARQUES, E O APARTAMENTO RÉS DE CHÃO ASSALTADO LOGO DE MANHÃ, E O CARRO DE UM ADOLESCENTE ASSALTADO A HORA DE ALMOÇO E QUE A MÃE DESTE VIU E CONFIRMOU TAL COMO MUITOS OUTROS QUE SÃO OS IRMÃOS CARECAS E O SAFA QUE ESTAVAM ASSALTAR, OU E MUITOS OUTROS QUE 200 LINHAS NÃO DARIAM PARA DENUCIAR TODOS , FORA OS QUE NÃO DENUCIAM COMO FOI A ANÃ MARECA QUE PARTIRAM-LHE OS VIDROS TODOS DE CASA, É UMA BANDIDAGEM MUITO GRANDE, SÓ GOSTARIA QUE O CHEFE DA POLICIA INFORMA-SE O QUE ACONTECEU AOS 2 MENINOS APANHADOS EM FLAGRANTE DELITO, GOSTAVA DE SABER SE O SENHOR DO MINISTÉRIO PUBLICO TEVE PENA DELES E COLOCO-OS NA RUA NOVAMENTE? É UMA VERGONHA ONDE ANDAM OS GOVERNANTES DESTE PAIS, DESTA TERRA QUE NADA VEÊM, NADA FAZEM?
    ANONIMO | 14.11.2009 | 15.20Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Realmente não se consegue perceber onde este pais vai parar, pois kem sofre somos nós vitimas, se o meu marido não dorme já eu tenho medo de sair a rua, e o mais escandaloso disto tudo é o facto de sabermos quem são os bandidos a policia actuar e o ministério publico soltar, isto é vergonhoso
    Andreia Conceição | 13.11.2009 | 20.32Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • A partir de Janeiro de 2010 ainda vai ser pior com a entrada em vigor do novo código de prisão preventiva e de cumprimento de penas: Menos detenções preventivas e saídas da cadeia mais cedo ainda. A lei "cozinhada" pelo PS e PSD vai entrar em vigor. A culpa é dos portugueses que continuam a dar-lhes o seu voto. Continuem que cada vez será pior!
    Zé da Burra o Alentejano | 13.11.2009 | 11.00H
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE