PUBLICIDADE
Actualidade

Prémios Pfizer 2020 distinguem trabalhos sobre malária, memória e saúde intestinal

11 | 11 | 2020   00.02H

Os Prémios Pfizer, os mais antigos da investigação biomédica em Portugal, distinguem este ano trabalhos sobre uma potencial vacina contra a malária, o papel do cérebro na saúde intestinal e o das células imunitárias na memória, anunciou a organização.

Na edição de 2020 foram premiados três projetos, um de investigação clínica, liderado pelo cientista Miguel Prudêncio, do Instituto de Medicina Molecular (IMM) João Lobo Antunes, e dois de investigação básica, um coordenado por Henrique Veiga-Fernandes, do Centro Champalimaud, e outro por Julie Ribot, do IMM.

Os trabalhos de investigação básica vão receber, cada um, 12.500 euros e o de investigação clínica 25.000 euros. A entrega dos prémios será feita hoje, em Oeiras.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE