PUBLICIDADE
Actualidade

Suspenso protesto contra França no Paquistão por alegado corte de relações

17 | 11 | 2020   12.56H

O partido islamita paquistanês que convocou protestos contra a França por defender as caricaturas de Maomé pôs hoje fim às manifestações que bloquearam a entrada em Islamabad, assegurando que o Governo aceitou expulsar o embaixador francês.

"O Governo vai aprovar a legislação em dois ou três meses e o embaixador da França será mandado embora. Além disso, o Governo vai anunciar um boicote aos produtos franceses", disse o porta-voz do partido extremista Tehreek-e-Labbaik Paquistão (TLP), Zubair Ahmed.

O porta-voz também indicou que os membros do TLP detidos durante confrontos com a polícia nas manifestações dos últimos dias serão libertados.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE