PUBLICIDADE
Actualidade

Camionistas pedem áreas de serviço abertas ao fim de semana para "necessidades básicas"

19 | 11 | 2020   12.36H

O SIIM queixou-se hoje de que as medidas restritivas ao fim de semana não tiveram em consideração as necessidades básicas dos motoristas de mercadorias e pediu que lhes seja permitido acesso a áreas de serviço para alimentação e higiene.

"As medidas de confinamento não tiveram a mínima preocupação com os motoristas", acusou o Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIIM), numa carta aberta enviada ao primeiro-ministro, António Costa.

O sindicato disse ter tido conhecimento de que no último fim de semana - o primeiro com recolher obrigatório entre as 13:00 e as 05:00 - "os profissionais do transporte foram novamente vítimas de uma medida cega", uma vez que as estações de serviço fecharam e é naqueles locais que costumam fazer as suas pausas para higiene pessoal ou alimentação.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE