PUBLICIDADE
Actualidade

Pensar a crise da democracia e o aumento de ditaduras com o teatro de Bernardo Santareno

19 | 11 | 2020   18.46H

A peça "O Judeu", de Bernardo Santareno, está na base da produção "A Arder", de João Garcia Miguel, protagonizada por jovens, que equaciona a crise da democracia e se estreia na sexta-feira, no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém.

O amor, o medo, o teatro português e a relação com o poder, assim como a situação atual que o país e o mundo atravessam, não apenas devido à pandemia de covid-19, são também abordados na peça, acrescentou à agência Lusa João Garcia Miguel, que assina o texto, o espaço cénico e dirige o espetáculo.

"A ditadura económica e o crescimento de conservadorismo de direita, que o mundo atual atravessa, no estrangeiro como em Portugal", foram, segundo João Garcia Miguel, o foco do trabalho de atores de "A Arder".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE