PUBLICIDADE
Actualidade

Natalia Lafourcade é uma das vencedoras dos Grammy Latinos, portugueses sem prémios

20 | 11 | 2020   07.00H

Um ano após Rosalia fazer história como a primeira artista individual feminina em 13 anos a ganhar o prémio máximo nos Grammy Latinos, Natalia Lafourcade seguiu-lhe os passos com uma grande vitória neste ano.

Os músicos portugueses Camané e Mário Laginha, bem como Maria Mendes estavam nomeados, mas não receberam qualquer distinção, na noite de quinta-feira.

O fadista Camané e o pianista Mário Laginha estavam indicados na categoria de "Melhor Álbum de Raízes" em língua portuguesa, com o disco "Aqui está-se sossegado", a partir do repertório de fado.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE