PUBLICIDADE
Actualidade

MP acusa dois arguidos de se agredirem por ódio político em Braga

24 | 11 | 2020   10.57H

O Ministério Público acusou dois arguidos que se envolveram em agressões físicas, em Braga, por ódio político, que alimentavam relativamente a quem perfilhasse ideologia completamente oposta à sua, anunciou hoje a Procuradoria-Geral Regional do Porto.

Em nota publicada na sua página, aquela procuradoria refere que um dos arguidos era membro do Núcleo Antifascista de Braga e que o outro estava ligado ao Escudo Identitário.

Segundo a acusação, os arguidos, no dia 23 de junho de 2019, numa rua de Braga, depois de trocarem palavras devido a conflitos que mantinham por divergências ideológicas, "agarraram os pescoços um do outro".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE