PUBLICIDADE
Covid-19

Um quarto dos italianos acredita em teorias da conspiração

24 | 11 | 2020   16.16H

Um quarto dos italianos acredita em teorias da conspiração sobre a covid-19, incluindo que o vírus foi criado em laboratório para alterar equilíbrios mundiais ou que não existe, sendo um pretexto para controlar pessoas, segundo uma sondagem divulgada hoje.

Um em cada cinco italianos acredita que o novo coronavírus foi criado em laboratório e disseminado com o propósito de modificar os equilíbrios mundiais.

Outros 5% acreditam que o vírus não existe, mas que serve como pretexto para o controlo das pessoas e da economia, de acordo com este inquérito realizado pela empresa SWG, numa amostra de 800 pessoas para o canal de televisão La7 e que apresenta uma margem de erro de 3,4%.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE