PUBLICIDADE
Actualidade

Filha de emigrantes, ministra francesa mantém "laços extremamente profundos" com Cabo Verde

25 | 11 | 2020   14.46H

A ministra da Igualdade francesa, Elisabeth Moreno, nasceu em Cabo Verde e considera que este país ainda faz parte de si e que a língua portuguesa é a língua dos seus sonhos.

"Nasci em Cabo verde, um país com o qual tenho laços extremamente profundos, onde estão as minhas raízes e que faz parte de mim, mesmo de forma inconsciente. França, Cabo Verde, África e Europa fazem parte das minhas identidades", afirmou Elisabeth Moreno em entrevista à Agência Lusa.

Para a ministra, que chegou a França aos sete anos com os seus pais, viveu num dos bairros mais pobres de Paris e foi na escola pública francesa que encontrou o seu "refúgio", mas a língua portuguesa continua a fazer parte da sua identidade.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE