PUBLICIDADE
Actualidade

Morreu a editora Idalina Sá da Costa, organizadora da obra de António Sérgio

25 | 11 | 2020   19.16H

A editora Idalina Sá da Costa, que foi responsável pela publicação de obras de investigadores e ensaístas como Orlando Ribeiro e António Sérgio, morreu na terça-feira, em Lisboa, aos 83 anos, disse à Lusa fonte próxima da família.

Nascida em 25 de setembro de 1937, Idalina Augusta Ribeiro Fonseca Sá da Costa era licenciada em Ciências Histórico-Filosóficas, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, à semelhança do marido, o editor João Sá da Costa (1924-2002), que foi um dos mais importantes do mercado livreiro em Portugal, com quem partilhou a responsabilidade das Edições Augusto Sá da Costa, desde o início da década de 1960.

Nestas edições, lançou a coleção de Ciências Humanas, promoveu uma série exclusivamente dedicada a autores africanos, pioneira no panorama editorial português, com uma componente de literatura infantojuvenil, e manteve a coleção dos Clássicos, onde foi possível encontrar autores como Padre António Vieira, Diogo do Couto, Gil Vicente, João de Barros, Luís António Verney, Luís de Camões, Sá de Miranda, sem esquecer Descartes ou la Bruyère e os clássicos gregos e latinos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE