PUBLICIDADE
Actualidade

Presidente sul-africano vai enfrentar moção de censura no parlamento

26 | 11 | 2020   16.05H

O Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, vai enfrentar na próxima quinta-feira o primeiro voto de censura no parlamento desde que foi eleito, anunciou hoje o porta-voz da Assembleia Nacional sul-africana.

O debate da moção, apresentada em fevereiro pelo Movimento Africano de Transformação (ATM, na sigla em inglês), será presencial, adiantou o porta-voz Moloto Mothapo, citado pelo jornal Citizen.

O ATM indicou 15 razões para "remover" Ramaphosa e o seu Governo do poder, salientando no topo da lista que o chefe de Estado sul-africano "não divulgou ao parlamento que beneficiou financeiramente com a sua campanha eleitoral à presidência do ANC [Congresso Nacional Africano] em 2017".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE