PUBLICIDADE
Etiópia

Entrega do Nobel da Paz é "alimentar" propaganda de Adis Abeba - especialistas

27 | 11 | 2020   16.03H

A entrega do Prémio Nobel da Paz ao primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed, prevista para 10 de dezembro, é "alimentar" a propaganda do Governo da Etiópia e retira "credibilidade" ao Comité do Nobel, afirmaram hoje dois investigadores universitários portugueses.

"Era de perguntar claramente à Comissão do Nobel até que ponto é que faz algum sentido alimentar um jogo de propaganda etíope", sugeriu Manuel João Ramos, professor no departamento de Antropologia do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, que há muitos anos estuda a Etiópia.

O investigador falava na "Lisbon Talk - Guerra na Etiópia: implicações regionais e globais", um evento 'online' organizado pelo Clube de Lisboa, em colaboração com o Instituto Marquês de Valle Flor e a Câmara Municipal de Lisboa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE