PUBLICIDADE
Actualidade

Jovens ativistas recusam rótulo de "pirralhos" e arrecadam 160 mil euros para a Amazónia

28 | 11 | 2020   18.23H

Samela, Janderson e Gabriel são três jovens brasileiros que recusaram o rótulo de "pirralhos", atribuído pelo Presidente, Jair Bolsonaro, a Greta Thunberg, e uniram-se à ativista sueca para arrecadarem um milhão de reais (160 mil euros) para a Amazónia.

Em causa está a campanha SOS Amazónia, que teve início após um apelo internacional feito pelo autarca de Manaus, Arthur Virgílio, que, ao ver a pandemia de covid-19 totalmente desgovernada na região, decidiu pedir auxílio a países europeus.

O apelo foi ouvido pela jovem ativista Greta Thunberg que, auxiliada pelo movimento estudantil 'Friday´s for Future', encabeçou a campanha SOS Amazónia, que já arrecadou cerca de um milhão de reais para desenvolver ações naquela que é a maior floresta tropical do mundo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE