PUBLICIDADE
Actualidade

Candidatura do ex-Campo do Tarrafal a património mundial suspensa por falta de verbas - ministro

04 | 12 | 2020   21.27H

O ministro da Cultura cabo-verdiano, Abraão Vicente, disse hoje que a entrega da candidatura do antigo Campo de Concentração do Tarrafal a Património da Humanidade, que foi adiada para 2022, foi agora suspensa por falta de verbas.

O governante fez o anúncio à imprensa, na cidade da Praia, depois de ser ouvido numa comissão especializada da Cultura no parlamento cabo-verdiano, explicando que a decisão tem a ver com o facto de o orçamento do Ministério para 2021 ter registado um corte de 120 milhões de escudos (1,08 milhões de euros).

Abraão Vicente disse que a esperança em conseguir mais verbas era com o aumento do limite da dívida pública, fixado em 3% do PIB, cuja proposta apresentada pelo Governo no parlamento de 4,5% foi chumbada na última sessão plenária.  

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE