PUBLICIDADE
Actualidade

Sociedade civil são-tomense pede ao PR que vete revisão da nova Lei Eleitoral

04 | 12 | 2020   21.55H

Membros da sociedade civil são-tomense apelaram ao Presidente, Evaristo Carvalho, para que vete a proposta de revisão da nova Lei Eleitoral quando esta lhe for enviada, indicam num "manifesto" a que a Lusa teve hoje acesso.

"Os subscritores do presente manifesto vêm, de uma forma pública, apelar a sua Excelência, o senhor Presidente da República, que no exercício dos seus poderes e enquanto garante da Constituição que jurou cumprir e fazer cumprir, vete a proposta de revisão da Lei Eleitoral, quando lhe for enviada para promulgação, na defesa da democracia, da coesão nacional, do princípio da igualdade e dos superiores interesses do povo e da nação são-tomense", refere o manifesto.

O documento de três páginas, datado de 02 deste mês e subscritos por cerca de 15 elementos, entre o ex-procurador-geral Adelino Pereira, advogados, médicos, economistas e outros tecnocratas do país, insurge-se contra a alteração da Lei Eleitoral pelos deputados da nova maioria, sublinhando que "a resolução efetiva dos problemas do povo tem que estar em primeiro lugar na agenda política dos partidos políticos".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE