PUBLICIDADE
Actualidade

Icebergue A-68, um dos maiores de sempre, pode colidir com ilha até ao final do mês

11 | 12 | 2020   14.54H

O Icebergue A-68, com 5.800 quilómetros quadrados, o maior em existência, pode colidir com a ilha antártica da Geórgia do Sul ainda este mês, causando estragos na costa e na biodiversidade, alertou hoje a Agência Espacial Europeia.

Em 2017, o bloco de gelo com mais do dobro do tamanho do Luxemburgo separou-se da plataforma Larsen na Península Antártica, criando um dos maiores icebergs registados até à data.

Três anos depois, o A-68, que deriva com as correntes do Atlântico Sul, encontra-se a mais de mil quilómetros da plataforma de onde se separou e a cerca de 120 quilómetros da Geórgia do Sul, segundo imagens do satélite Copernicus Sentinel-1 divulgadas pela Agência Espacial Europeia (ESA).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE