PUBLICIDADE
Actualidade

Site-Norte acusa ministro de ser responsável pelo fecho da refinaria da Galp em Matosinhos

22 | 12 | 2020   15.48H

O Site-Norte acusou hoje o ministro do Ambiente de ser um dos responsáveis pelo encerramento da refinaria da Galp em Matosinhos, impondo "uma rotura" para demonstrar a Bruxelas avanços na transição energética.

"Eles invocam a pandemia como pretexto, mas o que há aqui é uma estratégia concertada de corrida aos fundos monetários por parte da administração da empresa e de assim, em parceria com o Governo, demonstrar à União Europeia o que está a fazer no que à transição energética diz respeito. A refinaria do Porto sucumbe em troca de outra coisa qualquer", afirmou o dirigente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energias e Atividades do Ambiente (Site-Norte), em declarações à Lusa, adiantando que vão ser postas em prática formas de luta.

Conforme vincou Telmo Silva, o ministro do Ambiente, "Matos Fernandes, tem grandes responsabilidades nestas decisões", tendo em conta que estão a ser tomadas opções com "pouca ponderação".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE