PUBLICIDADE
Actualidade

CDS/Matosinhos critica Galp por "profunda insensibilidade" ao anunciar encerramento da refinaria

24 | 12 | 2020   11.45H

O CDS de Matosinhos considerou hoje que o anúncio de encerramento da refinaria da Galp neste concelho "em véspera natalícia" mostra uma "profunda insensibilidade" e exige conhecer as medidas que a câmara local vai tomar na defesa dos trabalhadores.

Em comunicado, a Comissão Política Concelhia do CDS de Matosinhos diz-se "desagradada com os moldes em que esta notícia foi transmitida" e questiona as justificações da administração da Galp.

"Este comunicado emitido na véspera natalícia veio causar uma grande ansiedade e angústia a todos os colaboradores [diretos e indiretos], mostrando assim uma profunda insensibilidade por parte da administração da Galp, o que nos leva a questionar as razões que motivaram esta tomada de decisão", refere-se no comunicado.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE