PUBLICIDADE
Actualidade

Três mortos em atentado bombista em Cabul

10 | 01 | 2021   06.59H

Um antigo jornalista afegão e atual porta-voz da Força de Proteção Pública Afegã (APPF), morreu hoje, em Cabul, juntamente com dois colegas, na explosão de uma bomba colocada na berma da estrada.

Zia Wadan, que trabalhou em vários órgãos de comunicação social afegãos, e os colegas morreram esta manhã (hora local), no leste da capital afegã, anunciou o porta-voz do Ministério do Interior afegão Tariq Arian.

"Um veículo que transportava Zia Wadan foi visado por um engenho explosivo de fabrico artesanal (...) Wadan e dois colegas morreram" e uma outra pessoa ficou ferida, declarou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE