PUBLICIDADE
Covid-19

Presidente moçambicano anuncia agravamento de restrições

13 | 01 | 2021   19.24H

O Presidente moçambicano anunciou hoje um agravamento de restrições face ao avanço da covid-19 no país, encurtando horários do comércio e restauração, fechando alguns estabelecimentos e espaços culturais e interditando praias, entre outras medidas.

As restrições vão vigorar a partir das 00:00 de 15 de janeiro por um período de 21 dias, segundo aprovado hoje em reunião extraordinária do Conselho de Ministros.

Filipe Nyusi fez o anúncio durante uma comunicação à nação acerca da evolução da pandemia de covid-19, com um "aumento significativo" de internamentos e mortes nas últimas semanas, chegando hoje aos 205 óbitos de um total de 23.726 casos positivos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE