PUBLICIDADE
Covid-19

Empresas de comunicações podem limitar plataformas de video ou jogos online

14 | 01 | 2021   09.00H

As empresas de comunicações podem durante o estado de emergência limitar ou inibir os serviços audiovisuais de videoclube, plataformas de vídeo e jogos online para preservar a integridade e segurança das redes de comunicações eletrónicas.

De acordo com o decreto que regula o novo estado de emergência, que entra em vigor às 00:00 de sexta-feira, desde que para preservar a integridade e segurança das redes de comunicações eletrónicas, dos erviços prestados através delas e para prevenir os efeitos de congestionamento, devem "dar prioridade ao encaminhamento de determinadas categorias de tráfego".

Esta ordem das categorias de tráfego é determinada por despacho do membro do Governo responsável pela área das comunicações, refere o documento.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE