PUBLICIDADE
Actualidade

Ex-PM de Cabo Verde diz que seria "incompreensível" MpD não apoiar Carlos Veiga a PR

14 | 01 | 2021   14.24H

O antigo primeiro-ministro de Cabo Verde e ex-presidente do MpD, Gualberto do Rosário, defendeu hoje que o partido "não tem outra opção" além de apoiar Carlos Veiga como candidato às eleições presidenciais e que o contrário seria "incompreensível".

Em entrevista à agência Lusa na ilha do Sal, o antigo governante no executivo liderado por Carlos Veiga, e ex-dirigente do Movimento para a Democracia (MpD, no poder), não tem dúvidas em afirmar que para as eleições presidenciais de 17 de outubro "dificilmente o MpD terá outra opção que não o apoio à candidatura de Carlos Veiga", que já anunciou que será candidato.

"Dificilmente vejo outra opção. Qualquer outra opção seria uma opção que criaria problemas internos reais, efetivos e significativos, com impactos designadamente nas eleições legislativas que se aproximam", afirmou António Gualberto do Rosário, aludindo ao ciclo eleitoral de 2021 em Cabo Verde, que prevê também eleições legislativas em 18 de abril.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE