PUBLICIDADE
Actualidade

"Acho mal" a Galp ainda não ter reunido com trabalhadores de Matosinhos - Matos Fernandes

14 | 01 | 2021   15.04H

O ministro do Ambiente disse hoje achar mal que a Galp ainda não se tenha reunido com os trabalhadores da refinaria de Matosinhos, sobre o encerramento da mesma previsto para este ano, que foi anunciado em vésperas de Natal.

"Não me peçam para achar bem que um anúncio destes seja feito nas vésperas de Natal, não me peçam para achar bem que o patrão Galp ainda não tenha reunido com os seus trabalhadores, não, não acho bem, acho mal", afirmou o ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, durante uma audição da comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, por requerimento dos grupos parlamentares do Partido Socialista (PS), Bloco de Esquerda (BE) e PCP.

Em causa está o anúncio, em 23 de dezembro, de que a Galp vai concentrar as suas operações de refinação e desenvolvimentos futuros no complexo de Sines e descontinuar a refinação em Matosinhos a partir deste ano.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE