PUBLICIDADE
Covid-19

Agentes culturais da região Centro preocupados com fecho de equipamentos

14 | 01 | 2021   15.34H

Agentes e estruturas da região Centro manifestaram-se hoje preocupados com o encerramento dos equipamentos culturais durante o novo confinamento e muitos criticaram a dualidade de critérios face aos espaços religiosos.

"É voltar atrás. Já estava a haver uma recuperação de hábitos, de que a cultura é segura e isto é um murro. Não ter sido dado um sinal sequer é muito negativo", afirmou à agência Lusa o diretor artístico do Trigo Limpo Teatro ACERT, em Tondela, José Rui Martins, referindo que a programação já foi toda cancelada.

O responsável considerou que a decisão do Governo de manter os espaços religiosos abertos, mas encerrar todos os equipamentos culturais, "é anacrónica" e salientou que os espaços são seguros, devendo ser equiparados ao comércio, porque a cultura é "um bem imaterial de primeira necessidade".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE