PUBLICIDADE
Covid-19

Rádios consideram ineficaz aumento de quota de música portuguesa

17 | 01 | 2021   13.44H

Os grupos Renascença Multimédia e Media Capital Rádios enviaram uma carta aberta à ministra da Cultura considerando o aumento para 30%, na quota de difusão da música portuguesa, uma medida "ineficaz, injusta", que não resolve o problema dos artistas.

O aumento de 25% para 30% de quota de música portuguesa, nas rádios, foi anunciada na quinta-feira, pela ministra da Cultura, Graça Fonseca, no âmbito das medidas de resposta à pandemia, com o objetivo de "incrementar a  divulgação de música portuguesa" e "a sua valorização em benefício dos autores, artistas e produtores".

Graça Fonseca lembrou, na altura, que a quota se mantinha inalterada desde o início da sua aplicação, quando estava prevista a sua revisão anual, pela tutela. A Lei da Rádio, de 2006, prevê uma quota de música portuguesa, entre os 25 e os 40%, para os canais generalistas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE