PUBLICIDADE
Navalny

MNE português apela à libertação imediata do opositor russo

18 | 01 | 2021   12.37H

O Ministério dos Negócios Estrangeiros português apelou hoje à libertação imediata do opositor russo Alexei Navalny, detido no domingo quando regressou à Rússia, depois de ser vários meses internado na Alemanha para tratar uma tentativa de envenenamento.

Numa mensagem hoje divulgada na rede social Twitter, o ministério refere ainda que "a detenção de Alexei Navalny é motivo de grande preocupação" e que "Portugal acompanha a situação de perto com os parceiros europeus".

A posição de Portugal assemelha-se à já tomada por vários Estados, como a Alemanha, a França, o Reino Unido ou os Estados Unidos e por diversas organizações internacionais.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE